quarta-feira

Exercícios República Velha com gabarito

1. (UFMS) – A propósito da chamada era de Vargas no Brasil, é correto afirmar que

001 no ano de 1932 surgiu no Estado de São Paulo um movimento, sob a denominação MMDC, cujos líderes Martins, Miragaia, Drausio e Camargo reuniram-se para apoiar o governo de Getúlio Vargas

002 o período de Vargas caracterizou-se, entre outros fatos políticos, por conflitos violentos travados entre dois grupos antagônicos: de um lado, os integralistas, simpatizantes dos ideais fascistas; e de outro, os comunistas, que pregavam a revolução e a ascensão ao poder das classes trabalhadoras.

008 em 1942, navios mercantes brasileiros foram afundados no Atlântico, fato que justificou a declaração de guerra formal do governo Vargas contra os países do Eixo.


016 um dos fatores que garantiu as bases democráticas do governo de Getúlio Vargas nessa fase de 1937 a 1945, foi a criação do DIP – Departamento de Imprensa e Propaganda.

Soma – ( )

02 - (Unicamp SP) – Em novembro de 1904, data da revolta, o trabalho de demolição das casas para abrir a avenida Central, executado por cerca de 1800 funcionários, terminara, e 16 dos novos edifícios estavam sendo construídos. O eixo central da nova avenida fora inaugurado em 7 de setembro em meio a grandes festas, já com serviços de bondes e iluminação elétrica. A derrubada de cerca de 640 prédios através da parte mais habitada da cidade, um corredor que ia da Prainha ao Passeio Público. Era como abrir o ventre da velha cidade.
(José Murilo de Cavalho, Os bestializados: O Rio de Janeiro e a República que não foi, SP, Cia das Letras, 1987. P. 93)
a) Que revolta corrida no Rio de Janeiro, está mencionada no texto?


b) Cite duas razões para eclosão dessa revolta.

03. (Unicamp-SP) – Após a proclamação da República, uma nova bandeira nacional foi criada para substituir a antiga bandeira di Império. O lema da nona bandeira era Ordem e Progresso.
a) Por que o governo republicano determinou que se substituísse a bandeira?
b) Explique por que, naquele momento, era importante para o governo republicano demonstrar sua preocupação com a ordem pública e seu compromisso com o progresso.

04. (Fuvest-SP). É possível defender a tese de que o café é um produto que ao mesmo tempo facilitou e dificultou o início da industrialização no Brasil.
Argumente sobre essa tese

05. (Vunesp-SP)) Consulte os dados da tabela e responda:


ESCRAVOS IMPORTADOS DA ÁFRICA PARA O BRASIL
ANO Nº DE ESCRAVOS IMPORTADOS
1849 54.000
1850 23.000
1851 3.000
1852 700

a) O que se deve a diminuição do número de escravos a partir de 1850?


b) Dê uma conseqüência da diminuição de escravos.

06. (Fuvest-SP) A “Política dos Governadores” implementada pelo Presidente Campos Sales, constituiu-se em um dos pilares da República Velha, estendendo-se até 1930.
Explique seu funcionamento.


07. (UFPA) As chamadas Questão Religiosa e Questão Militar, verificadas no acaso do Segundo Reinado, atuaram no sentido de apressar o advento da república. Relativamente à Questão Religiosa, assegura-se que:

A) os seus desdobramentos, na Europa, colocaram as monarquias católicas contra D. Pedro II, abalando seriamente o prestígio do Imperador.
B) o fechamento de inúmeras igrejas, no Pará e em Pernambuco, a mando do Imperador, produziu um grande número de opositores à monarquia dentre o clero brasileiro, que era apoiado pela maioria católica no país.
C) a questão em si tornava evidente a necessidade da separação entre Igreja e Estado no Brasil, precisamente como argumentavam os defensores da República.
D) a prisão dos bispos de Olinda e Belém levou os católicos radicais brasileiros a fundar o Clube da Reforma, associação que passou defender a república no Brasil.
E) os seus resultados, principalmente a expulsão da Maçonaria do Brasil, serviram para evidenciar o caráter absolutista da monarquia brasileira.

08. (MACKENZIE) - Sobre a participação dos militares na Proclamação da República é correto afirmar que:

A) o Partido Republicano foi influenciado pelos imigrantes anarquis­tas a desenvolver a consciência política no seio do exército.
B) a proibição de debates políticos e militares pela imprensa, a influência das idéias de Augusto Comte e o descaso do Impe­rador para com o exército favoreceram a derrubada do Império.
C) o descaso de membros do Partido Republicano, como Sena Madureira e Cunha Matos, em relação ao exército, expresso através da imprensa, levou os "casacas"a proclamar a Repúbli­ca.
D) Gabinete do Visconde de Ouro Preto formalizou uma aliança pró-republicana com os militares positivistas no Baile da Ilha Fiscal.
E) aliança dos militares com a Igreja acirrou as divergências entre mili tares e republicanos, culminando na Questão Militar.

09. (UNIFENAS) - Republicanos civis e militares unem-se para derru­bar a Monarquia, que cai em 1889. A República que então se ins­tala,

I. assiste com o Marechal Deodoro, seu primeiro presidente, a práticas autoritárias de governo, entre as quais a dissolução do Congresso;
II. foi marcada pela intensa atuação dos cafeicultores de uma Constituinte voltada para os seus interesses;
III. permite a continuidade dessa união apesar das profundas dife­renças entre civis e militares
IV. nasceu Velha, pois a economia era sobretudo agrícola, conti­nuando as populações rurais na dependência das oligarquias;
V. passou, com a eleição de Prudente de Morais em 1894, a ser controlada pelos mineiros, controle que se prolonga até 1930.

São incorretas as afirmativas:
A) I, III e IV; B) I e II; C) I e IV; D) III e IV; E) IV. III e I.

10. (MACKENZIE) - A hegemonia política dos Estados economica­mente fortes e populosos, São Paulo e Minas Gerais, durante a República Velha, foi viabilizada através:

A) do apoio de grupos militares vinculadas ao tenentismo.
B) da política dos governadores que, articulando os governos esta­dual e federal, anulava totalmente a oposição.
C) de movimentos sociais populares de apoio ao Estado oligár­quico.
D) da instituição do voto secreto e fim da representação propor­cional.
E) da Constituição de 1891, que estabeleceu um Estado unitário e fortemente centralizado.

11. (PUC) A República criou uma cidadania precária, porque calcada na manutenção da iniqüidade das estruturas sociais – acentuou as distâncias entre as diversas regiões do país, cobrindo-as com a roupagem do federalismo difuso da política dos governadores ou dando à continuidade à geografia oligárquica do poder que desde o império, diluía o formalismo do Estado e das instituições.
(Saliba, Elias Thomé, Raízes do Riso: representação humorística na história brasileira; Belle Époque aos primeiros tempos do rádio. São Paulo, Cia das Letras, 2002. p.67)
O fragmento do texto acima refere-se aos primeiros tempos da República no Brasil. É correto afirmar que implantação da República:

A) renovou as instituições políticas, ampliando o poder do Estado e dissolvendo os poderes locais.
B) alterou radicalmente a estrutura social do Império, devido à ascensão da burguesia e declínio da aristocracia.
C) introduziu um modelo federalista, que permitiu maior autonomia local e integração nacional.
D) manteve os desníveis sociais presentes no Império e não ofereceu ampliação significativa dos direitos de cidadania.
E) centralizou agudamente o poder nas mãos dos governadores, diminuindo as atribuições das instituições políticas e do Presidente da República.


12. (FGV-SP) O acerto do funding loan, entre o presidente Campos Sales e a Casa Rothschild, representou para a economia brasileira:

A) as condições necessárias para o primeiro investimento industrial do país.
B) uma reacomodação da dívida brasileira com os EUA, que permitiu subsidiar por mais alguns anos os cafeicultores paulistas.
C) um novo empréstimo e a suspensão da amortização do débito até 1911
D) o fim do ciclo de dependência em relação aos banqueiros ingleses, com o perdão da dívida e a amortização dos empréstimos até 1930.
E) uma política deflacionária que estabilizou o país pelas décadas seguintes.

Gabarito:

1. 2 + 8 = 10
2. a) - Revolta da Vacina, que significou uma reação das camadas populares da cidade do Rio de Janeiro à vacinação obrigatória determinada pelo governo.
b) - Reação a vacinação obrigatória, revolta das camadas populares que moravam próximo ao centro da cidade e estavam sendo prejudicadas com a reforma que remodelaram a cidade, abrindo avenidas e derrubando velhas construções
3. a) A nova bandeira simbolizava o novo regime, abolindo os símbolos monárquicos da bandeira anterior. A manutenção das cores verde e amarela, contudo passava a idéia de continuidade na vida política da nação e a frase confirmava a ideologia positivista do novo regime.
b) Na ideologia republicana, a monarquia era passado, o atraso;a República o progresso, o futuro. Dessa forma, a proclamação da República seria resultado da própria evolução da sociedade brasileira. Garantir a ordem era também uma preocupação primordial dos republicanos que assumiram o poder. Temia-se, com ou sem razão, uma reação monarquista.
O lema é de clara inspiração positivista, cuja a influência no Exército era marcante .como sabemos, a instituição foi um protagonista importante na queda da Monarquia, e os militares governaram o país na fase inicial do período republicano (República da Espada).
4. - Os capitais acumulados na atividade cafeeira foram aplicados na indústria. O café dinamizou o mercado interno, introduzindo a mão de obra assalariada do imigrante e modernizou os transportes e o sistema financeiro, ambos benéficos à indústria.
Todavia o Estado brasileiro era controlado pela aristocracia agrária e,por esta razão, não implementou uma política industrial para o país. Apesar do relativo desenvolvimento industrial ocorrido com a expansão cafeeira continuávamos ainda com uma economia essencialmente agroexportadora, os setores básicos da industrialização (química, siderurgia, etc) ainda não tinha se desenvolvido para que pudesse alavancar outras necessidades industriais. O sucesso do café sustenta a idéia que o Brasil é um país com vocação agrícola, a riqueza gerada pelo café garantia as divisas necessárias para o país. Portanto o café foi tanto impulsionador como limitador de nossa industrialização.
5. a) - em 1850, com a pressão inglesa, o Brasil decreta o fim do tráfico negreiro com a publicação da Lei Euzébio de Queiróz, diminuindo drasticamente o tráfico, como mostra a tabela.
b) - criou um grande problema de mão de obra para a agricultura brasileira , principalmente para a lavoura cafeeira, o problema foi atacado com a mão de obra dos imigrantes. Podemos dizer também que o preço do escravo ficou muito caro desencadeando uma busca maior por parte dos nossos “barões do café” pela mão de obra assalariada o que fazia parte do ideal republicano, vinculado por algumas classe da época.
6. - Consistia em uma aliança entre os governos estaduais e o governo federal. Esta aliança garantia o apoio do Senado e da Câmara dos Deputados ao governo federal. Em troca o governo federal dava todo apoio à oligarquia que estivesse no poder nos estados, inclusive impedindo a posse de depurados eleitos pela oposição usando a Comissão de Reconhecimento de Poder ou Comissão Verificadora. Nomeações, verbas, obras e demais medidas do governo federal só se faziam orientadas pelo interesse das oligarquias locais.
Por sua vez o poder estadual dependia do apoio dos coronéis (grandes fazendeiros) que controlavam os votos da região (coronelismo) isso era feito por meio de favores, ajuda econômica, laços de compadrio e emprego da violência além de fraude eleitora.
7 – c , 8- b, 9 – d, 10 – b, 11 – d, 12- c

3 comentários:

amor disse...

Gostei muito dessas questões,foram muito bem elaboradas, elas levam os alunos a refletir sobre a economia, sociedade, governo da época. Vou utilizar algumas na avaliação que farei em breve com alunos da FAFOPST.
Maria Zélia de Menezes Cruz Neves
Professora de História e Coordenadora da áres no Colégio Municipal Dr. Arcôncio Pereira-São José do Belmonte- PE

José Saraiva disse...

Gostei Muito dessas respostas, pois fala sobre o que eu estou estudando"O Fim Do Império" muito obrigado pelas as respostas foram muito Explicados.
Minha Escola:
Instituto Educacional Paraíso Da Criança
E Meu nome É:Igor Saraiva

Rita de Cassía disse...



Amo seu blog é muito lindo e me ajuda sempre, Obrigado




Veja mais:

Atividades (1° ao 5°ano)

Atividades proclamação da republica 1° ano

Atividades proclamação da republica 2° ano

Atividades proclamação da republica 3° ano

Atividades proclamação da republica 4° ano

Atividades proclamação da republica 5° ano


Variados (Proclamação)

Atividades proclamação da republica maternal

Dia da proclamação da republica para colorir

Dia da proclamação da republica resumo

Proclamação da republica para crianças